quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

People are strange, when you're a stranger



Já tinha saudades de desenhar... surgiu assim...

"People are strange, when you're a stranger
Faces look ugly when you're alone
Women seem wicked, when you're unwanted
Streets are uneven, when you're down

When you're strange, faces come out of the rain
When you're strange, no one remembers your name
When you're strange, when you're strange, when you're strange"

4 comentários:

margarida disse...

é uma das minhas favoritas dos the doors... e o desenho está lindo!

<3

Sofia Duarte disse...

E eu que já tinha saudades de ver os teus desenhos xD

Não é que ainda no sábado quando estive em casa aconcheguei alguns deles sobre as minhas mãos?

Qualquer dia, talvez ainda hoje, saia de mim um poema sobre ti...

Desejo imensamente botar cá pra fora o que me dás cá dentro :)

Um abraço!

Minha feia disse...

Vivo dentro de ti... ? Escutas esse olhar líquido nas veredas negras das tuas artérias? bebo o sopro do teu sangue e verto sobre o papel os riscos do teu cabelo...

um abraço terno amiga

Sofia Duarte disse...

^.^ E há uma hora em que esse teu viver em mim se desmancha sobre palavras, desaguando sobre um pequeno momento...

Vê, porque é para ti....

http://tracosdevidapoesia.blogspot.com/2010/03/que-possa-minha-alma-se-desfazer-em.html

Espero que aprecies,
Um enorme abraço, para que possa chegar aí :)